Usina termoelétrica Leônidas Melo – Município de Barras

Em 1930, foi instalada a famosa usina velha. O Prefeito era Osório Pires da Mota. A usina funcionava no prédio onde hoje é a Câmara de Vereadores. Os restos mortais da velha usina encontram-se, hoje, no espaço em frente ao Conjunto Petrônio Portela. A usina era de fabricação alemã e chegou ao Porto de Amarração, vinda da Europa, de onde seguiu em barco à vapor até a cidade de Porto.

180Graus

180Graus

De Porto à Barras foram mais de trinta homens se revezando, sob o comando do Sr. Antenor de Castro Rego, (avô de Dr. Manin Rego), conduzindo em quatro rodas de ferro puxadas por uma junta de dez bois a gerigonça de quase cinco toneladas. Imagine a trabalheira. 72 km de obstáculos: areal, lamaçal, ladeiras, riachos e lagoas. Era o progresso desbravando os sertões e chapadas para iluminar as Barras do Maratahoan.

180Graus

180Graus

FONTE: 180Graus

Anúncios