Igreja de N.S. das Mercês – Jaicós

Em 1711 o Governador João Pereira Caldas, atendendo as reclamações de fazendeiros e dos jesuítas determinou que o Capitão de campo Bernardo de Carvalho e Aguiar aldeiasse nas terras do Coronel Antonio Borges Leal Marim, rico fazendeiro pernambucano, de origem portuguesa, que fixara residência na fazenda Bocaina, no ano de 1712. Bernardo de Carvalho e Aguiar lhe escreveu ao fazendeiro em 13 de junho de 1714, pedindo-lhe que o ajudasse a não só aldeiar os índios já dispersos, mas ainda, que aceitasse o arraial em suas terras.

Google imagens

Google imagens

Após uma dificílima marcha de seis meses se conseguiram que voltassem ao Piauí pouco mais de uma centena de Jaicós, para as terras do Coronel Borges Marim, de nome Cajueiro. Nesse período os jesuítas já faziam missões nesses sertões e com eles alguns mercedários, que com ato de Fé, consagraram a aldeia a Nossa Senhora das Mercês, e construíram a capela a ela dedicada e inaugurada em 05 de março de 1723, que passou regularmente por um pároco, entronizando a pequena imagem esculpida em madeira, com cerca de 43cm de altura, que ainda existe, guardada em perfeito estado de conservação.

Google imagens

Google imagens

Com o afastamento de Bernardo de Carvalho e Aguiar da direção militar da porção da Capitania, a aldeia e missão entraram em decadência. Em 1731, se fez um novo aldeamento. Em 1741, a Missão tinha como capelão o padre Francisco Ribeiro da Fonseca. Na sua provisão constava também a autorização para benzer a Igreja da Missão.

Google imagens

Google imagens

No ano de 1801, o bispo do Maranhão, D. Luiz de Brito Homem, autorizou que fossem criadas 03 Paróquias em território piauiense: São Gonçalo do Amarante, Nossa Senhora das Graças da Parnaíba e Nossa Senhora das Mercês em Jaicós. O ato episcopal criando as referidas paróquias só foi promulgado em 12 de julho de 1805. Sendo a Paróquia de Jaicós instalada em 25 de setembro no ano seguinte e seu primeiro Pároco foi o padre Antônio Delfino da Cunha.

Google imagens

Google imagens

Em substituição à capelinha edificada pelos jesuítas, o célebre Padre Marcos de Araújo Costa, idealizou e fez construir a atual matriz concluída em 1837 e solenemente consagrada a Nossa Senhora das Mercês, no dia 24 de setembro do mesmo ano. Atualmente celebrada de 15 a 24 de Setembro com a participação de muitos devotos.

Google imagens

Google imagens

FONTE: Paróquia de Jaicós